Mostrar mensagens com a etiqueta BeB do quotidiano. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta BeB do quotidiano. Mostrar todas as mensagens

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Os papéis inverteram-se

Ainda dizem que o Darth Vader pertence ao lado negro da força! O que eu sei, é que hoje o Darth Vader lá de casa estava bem mais querido para o Woody (que deve ter acordado com os pés de fora) do que o contrário! :)


quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Mantra #3 para 2018

Numa conversa sobre descrença, disse-me um amigo:

"O possível está feito. O impossível há-de fazer-se."

Gostei. Muito.




GO!


Para todos os efeitos, o meu ano começa agora, em fevereiro.

Os fãs de janeiro que não me interpretem mal, mas janeiro para mim é uma espécie de mês de arranque. Aquele em que nos organizamos e preparamos para o que está para vir... e tem bastante importância por isso!

O pré-arranque de 2018 não foi nada mau (começou até bastante bem) e, por isso, a minha expectativa para o que aí vem está alta (não demasiado para não me sentir defraudada, mas o suficiente para me fazer sentir confiante de que este ano será bom!).

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Presságio? (espero que sim!)

O ano de 2017 acabou da melhor forma possível. A noite de passagem de ano foi passada com os meus filhos e rodeada de amigos e não faltaram as gargalhadas e a boa disposição. Ou seja, 2018 não podia ter começado de melhor forma! 

Para que o primeiro dia do ano fosse perfeito, à tarde fomos passear à praia e o dia estava espetacular. A energia estava ótima e fartámo-nos de brincar. Há coisas difíceis de explicar porque, acima de tudo, sentem-se, e ontem foi assim. Havia um sentimento muito bom no ar... espero que seja um bom presságio para este ano que agora começou :)

Vai ser bom! Vai ser muito bom!

Que 2018 nos sorria a todos :)





sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Que delícia!

Quando está com sono ou a precisar de mimo, o Francisco pede-me a mão. Desde pequenino que ele faz isto.

Ontem, ao jantar, estava a começar a ficar birrento e, lá está, pediu-me para lhe dar a mão. Eu fi-lo e ele olhou para mim, sorriu-me com aquele sorriso dele tão típico, entre o traquina e o doce, e disse-me:

"A tua mão é muito limpinha, mamã. Góto muito dela."

Ele queria dizer macia :) e eu fiquei toda derretida :)

terça-feira, 3 de outubro de 2017

O tempo voa mesmo


Estava a espreitar as fotos do telemóvel e deparei-me com esta. Foi tirada no dia de anos do Gonçalo, na semana passada!

Já passou mais de uma semana!!!

Aquele dia passou a voar, mais que os outros, mas o facto de saber que ele estava super feliz, deixa-me também a transbordar de alegria (mesmo que, no final do dia, e depois de um mês super intenso de trabalho, me tenha deitado com aquela sensação de que não aguentava nem mais um segundo. Embora saiba que sim. Por eles, aguentava o que fosse preciso).

Este ano ele escolheu fazer a festa de aniversário naqueles sítios barulhentos, com mil atividades, em que eles brincam durante duas horas e depois lancham na outra meia hora (mais coisa menos coisa).

Não sou fã do conceito, confesso, mas ele queria e a verdade é que adorou e divertiu-se à grande!

Acabámos por escolher a Micolândia, em Mem-Martins, e ele gostou tanto que, quando a festa acabou, perguntou se para o ano podia fazer lá outra vez :)

O dia passou mesmo rápido, mas foi um dia feliz. E isso é que conta! A felicidade deles funciona como uma espécie de elixir. Não apaga o cansaço, mas faz com que ele deixe de ter peso.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

As crianças são fantásticas!

Contei-vos o que aconteceu com o Francisco. Já lá vão 3 dias e, embora já se veja algumas melhoras, nada que me deixe descansada.

Mas pensam que ele se queixa?!

Ele anda ali, tipo pirata, com um olho aberto e o outro semi-aberto, para ver as pessoas tem de pôr a cabeça numa posição mega-estranha, mas pronto. Ele adaptou-se no próprio dia. Sem lamúrias ou queixumes. Só não gosta que mexam lá mas, de resto, é como se não fosse nada com ele.

As crianças têm uma capacidade de adaptação surpreendente! Quem dera os adultos terem só metade desta capacidade!

segunda-feira, 31 de julho de 2017

A essência das coisas

O Gonçalo adora pegar no meu telemóvel e tirar fotos. Testar os filtros, fazer caretas, tirar selfies...

Há dias tirou esta foto.

É simples, eu não estou propriamente bem, mas olhando para ela desperta-me emoções tão boas e puras... ele conseguiu captar mesmo a essência do momento <3




quinta-feira, 27 de julho de 2017

...

"O que é novo e está guardado para ti vem. mas vem quando segues em frente de coração aberto. vem quando deixas para trás o que não deu certo. vem quando aprendes a aceitar que nem todas as pessoas que mudam a tua vida para sempre ficam na tua vida, e ao teu lado, para sempre."

Sofia, do às 9 no meu blog

domingo, 23 de julho de 2017

Podia ser pior!

Estava deitada, quando o Francisco começou a mexer-me no cabelo. A fazer-me "penteados". Eu estava deliciada, claro! Ainda por cima estava mais a dormir que acordada... estava a saber-me mesmo bem!

Quando saí do estado de ronha, e como tinha de ir à rua, fui-me pentear e vai de começar a saltar-me ganchos da cabeça, mas assim uns 10! Ele pôs-me ganchos e eu nem notei!

Moral da história: para a próxima tenho que estar mais atenta. Ontem foram ganchos... sabe-se lá o que é que ele vai arranjar para me pentear noutro dia!

sábado, 22 de julho de 2017

Memórias que valem


O Gonçalo dormiu fora a noite passada. Foi dia de acantonamento na escola e a excitação era total. 

Ainda hoje ele fala do acantonamento que fez no ano passado e, a avaliar pela alegria desta manhã, estou em crer que a experiência deste ano é mais um daqueles momentos que vai para a caixinha das memórias especiais dele. E isto é tudo o que eu quero. Que ele some muitas destas. Porque a vida devia de ser sempre assim <3

terça-feira, 18 de julho de 2017

A vida não é um conto de fadas

Ontem vi, finalmente, um filme que queria ver desde que estreou (já lá vão uns bons anos): O rapaz do pijama às riscas.

Era o último filme que devia ter visto ontem, e eu já sabia disso, mas não resisti. Estava a fazer zapping, ele estava a dar e eu deixei ficar.

(antes de continuar, e se não viram o filme e querem ver, aviso já que este post terá spoilers; ainda que, como é óbvio, não vá fazer nenhuma crítica cinematográfica).

Todas as expectativas que tinha em relação ao filme foram largamente superadas. Ele é de uma beleza e de uma profundidade esmagadora! Dos filmes mais bonitos que eu já vi. Não é, de todo, mais um filme sobre a II Guerra. É bem mais que isso.

Chorei no final, ao ponto de soluçar, e ainda me passou pela cabeça o pensamento: "porque é que tinha que acabar assim? Todos sabemos o que se passou, mas isto é um filme... porque é que, sendo um filme, não podia acabar de outra forma? Menos dura?"

Depressa conclui que aquela era a única forma de acabar. Ainda para mais tendo nós, hoje, todos os dados do que se passou na altura.  

Foi um final horrível, que mexeu muito comigo, mas realmente tinha de acabar assim: de uma forma dura, crua e definitiva (sem margem para dúvidas).

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Um espaço para brincar e recordar jogos que marcaram a nossa infância







Ontem, e por ter sido Dia da Criança, fiz um programa diferente com eles. Em vez da habitual rotina de escola-casa, fomos ao Oeiras Parque, visitar o espaço que a Majora criou neste centro, tendo este dia como pretexto. 

Para os mais distraídos, a Majora está associada a muitos dos jogos que fazem parte do imaginário infantil de muita gente, como é exemplo disso O Sabichão, o Ludo, o Mikado, o Jogo da Glória, entre outros.

Até ao dia 4 de junho (domingo), quem quiser, pode, então, passar pelo Oeiras Parque com os mais pequenotes e brincar até não poder mais. Mas preparem-se para ficarem lá vários minutos, porque os jogos são mais que muitos e muito divertidos. (eu fiquei fã do Mikado gigante :) )

Depois, e para acabar em beleza, fomos jantar ao H3... e, claro, para além dos hambúrguers, não resistimos à mousse de nutella e à limonada :P


Horários:
sexta-feira: das 15h às 19j
sábado e domingo: das 11h às 19h

Proud!


É verdade que ele está a crescer, o que também ajuda, mas realmente acho que o Taekwondo é uma modalidade muito boa para o Gonçalo, que o tem ajudado bastante a vários níveis. Ensina-lhe regras basilares, incute disciplina, ajuda-o a ganhar autoestima e segurança, para além de, em termos físicos, também ser muito completa. Estou mesmo fã. E, acima de tudo, noto que ele gosta, o que é super crucial.

Esta semana teve mais um exame para passar de cinto e passou com distinção ;)


Arquivo do blogue

Seguidores