Mostrar mensagens com a etiqueta BeB do quotidiano. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta BeB do quotidiano. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Simplesmente lindo ❤

"Se um homem soubesse o poder que seu abraço tem ao acolher uma mulher, a segurança que ela sente, todas as coisas boas que passam em sua mente, o quanto ela se entrega. Se ele desconfiasse que naquele momento ele a tem inteira, completa, repleta de uma felicidade extrema. Será que ele se manteria ali por mais alguns segundos? Será que ele entenderia que essa coisa tão simples, tão gratuita, de entre muitas coisas no mundo, é o que gente mais precisa, é o que nos abriga, é o que dá paz ao nosso sono?"


Cáh Morandi

sexta-feira, 6 de abril de 2018

O meu mundo. O meu tudo

Ontem celebrou-se o Dia dos Filhos. Mas como, na verdade, os dias são deles o ano inteiro, achei que não era desajustado fazer um post sobre a efeméride com um dia de atraso.

Os meus filhos. O meu oxigénio.


sexta-feira, 23 de março de 2018

quarta-feira, 21 de março de 2018

Amar

O poema é conhecido e para muitos será um cliché, mas eu adoro-o e não quero saber se não sou original.

Hoje, comemora-se o Dia Mundial da Poesia e para assinalar esta efeméride, deixo aqui um dos meus poemas preferidos.


Amar!


Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: Aqui... além...
Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente
Amar! Amar! E não amar ninguém!


Recordar? Esquecer? Indiferente!...
Prender ou desprender? É mal? É bem?
Quem disser que se pode amar alguém
Durante a vida inteira é porque mente!


Há uma Primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida,
Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!


E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada
Que seja a minha noite uma alvorada,
Que me saiba perder... pra me encontrar...


Florbela Espanca

terça-feira, 20 de março de 2018

Luz!


Hoje, começa a Primavera!

Finalmente!

Se tivesse que associar esta estação do ano a uma palavra, escolheria a palavra "luz". Pelo menos nesta fase da minha vida.

Os dias mais longos, o sol mais aberto, as cores das flores, a temperatura amena a convidar a usufruir de passeios no campo ou na praia e a vestir roupas mais leves... não há como não gostar! Não há como não sorrir mais, andar mais bem disposto... :)

Vejo a Primavera como uma espécie de recomeço, que nos dá as ferramentas para vivermos coisas bonitas. Que nos dá os argumentos todos para nos ajudar a sermos felizes.

Melhor que isto, só o verão :)

segunda-feira, 19 de março de 2018

PAI

My daddy and me
Um PAI com letra grande é muito mais que um laço de sangue. Um pai a sério é aquele que ama incondicionalmente. Que cuida. Que está presente mesmo não estando. Que dá carinho. Que apoia. Que se zanga quando tem que se zangar. Que guia e orienta. Que aconchega. Que se preocupa. Que é capaz de pôr os filhos à frente, sem para isso se anular.

Um PAI com letra grande é um pai como o meu. Que tem estas caracteísticas e muitas outras mais. E que para além disto, consegue ser o melhor avô que os meus filhos podiam ter <3

quinta-feira, 8 de março de 2018

Dia Internacional da Mulher

Imagem de Joelle Charming por ocasião do Dia Internacional da Mulher

Sim, eu sou daquelas que acho que o Dia Internacional da Mulher faz sentido. Já expliquei o porquê e escrevi sobre o tema em anos anteriores mas, este ano, por falta de tempo e de paciência, vou "roubar" as palavras de terceiros, neste caso de homens, para o fazer.

Este texto, do MC Somsen, e este, do blog O Diplomata, estão extraordinários e dizem tudo! Leiam, porque valem a pena!

Feliz Dia da Mulher!

terça-feira, 6 de março de 2018

Gabriel Garcia Márquez

O escritor colombiano Gabriel Garcia Marquez faria 91 anos esta terça-feira e, por isso, o Google até lhe dedica um doodle.

Como fã que sou deste senhor, também eu lhe quero dedicar um post, deixando apenas duas citações dele, plenas de sabedoria.


"What matters in life is not what happens to you, but what you remember and how you remember it."


"Nobody deserves your tears, but whoever deserves them will not make you cry."


domingo, 4 de março de 2018

Domingo caseiro

Regra geral, não gosto de ficar em casa, muito menos ao fim-de-semana. Aborrece-me! Mas, de vez em quando, o Gonçalo gosta de fazer aquilo a que ele chama de "festa de pijama", e que consiste em ficar o dia todo em casa, de pijama, a fazer atividades caseiras: brincar com os brinquedos, ver filmes, fazer um bolo...

Hoje vai ser um desses dias e, por incrível que pareça, até me apetece. Sei que estar com eles em casa pode ser desastroso, porque se eles não estiverem bem entretidos acabam por ficar super birrentos e chatos, mas é o que me apetece. Estar com eles e usufruir deles ao máximo.

Bom domingo!

sexta-feira, 2 de março de 2018

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Questiono-me...

O Francisco, com os seus três anos, está numa fase em que se ri, às vezes à gargalhada, sempre que se pronunciam as palavras "cocó", "chichi", "cuecas", "pum"...

A sério... pergunto-me se as raparigas também são assim (parvas) ou se estas parvoíces são típicas de rapazes!

(é coisa de rapaz, não é?)

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Os papéis inverteram-se

Ainda dizem que o Darth Vader pertence ao lado negro da força! O que eu sei, é que hoje o Darth Vader lá de casa estava bem mais querido para o Woody (que deve ter acordado com os pés de fora) do que o contrário! :)


quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Mantra #3 para 2018

Numa conversa sobre descrença, disse-me um amigo:

"O possível está feito. O impossível há-de fazer-se."

Gostei. Muito.




GO!


Para todos os efeitos, o meu ano começa agora, em fevereiro.

Os fãs de janeiro que não me interpretem mal, mas janeiro para mim é uma espécie de mês de arranque. Aquele em que nos organizamos e preparamos para o que está para vir... e tem bastante importância por isso!

O pré-arranque de 2018 não foi nada mau (começou até bastante bem) e, por isso, a minha expectativa para o que aí vem está alta (não demasiado para não me sentir defraudada, mas o suficiente para me fazer sentir confiante de que este ano será bom!).

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Presságio? (espero que sim!)

O ano de 2017 acabou da melhor forma possível. A noite de passagem de ano foi passada com os meus filhos e rodeada de amigos e não faltaram as gargalhadas e a boa disposição. Ou seja, 2018 não podia ter começado de melhor forma! 

Para que o primeiro dia do ano fosse perfeito, à tarde fomos passear à praia e o dia estava espetacular. A energia estava ótima e fartámo-nos de brincar. Há coisas difíceis de explicar porque, acima de tudo, sentem-se, e ontem foi assim. Havia um sentimento muito bom no ar... espero que seja um bom presságio para este ano que agora começou :)

Vai ser bom! Vai ser muito bom!

Que 2018 nos sorria a todos :)





sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Que delícia!

Quando está com sono ou a precisar de mimo, o Francisco pede-me a mão. Desde pequenino que ele faz isto.

Ontem, ao jantar, estava a começar a ficar birrento e, lá está, pediu-me para lhe dar a mão. Eu fi-lo e ele olhou para mim, sorriu-me com aquele sorriso dele tão típico, entre o traquina e o doce, e disse-me:

"A tua mão é muito limpinha, mamã. Góto muito dela."

Ele queria dizer macia :) e eu fiquei toda derretida :)

terça-feira, 3 de outubro de 2017

O tempo voa mesmo


Estava a espreitar as fotos do telemóvel e deparei-me com esta. Foi tirada no dia de anos do Gonçalo, na semana passada!

Já passou mais de uma semana!!!

Aquele dia passou a voar, mais que os outros, mas o facto de saber que ele estava super feliz, deixa-me também a transbordar de alegria (mesmo que, no final do dia, e depois de um mês super intenso de trabalho, me tenha deitado com aquela sensação de que não aguentava nem mais um segundo. Embora saiba que sim. Por eles, aguentava o que fosse preciso).

Este ano ele escolheu fazer a festa de aniversário naqueles sítios barulhentos, com mil atividades, em que eles brincam durante duas horas e depois lancham na outra meia hora (mais coisa menos coisa).

Não sou fã do conceito, confesso, mas ele queria e a verdade é que adorou e divertiu-se à grande!

Acabámos por escolher a Micolândia, em Mem-Martins, e ele gostou tanto que, quando a festa acabou, perguntou se para o ano podia fazer lá outra vez :)

O dia passou mesmo rápido, mas foi um dia feliz. E isso é que conta! A felicidade deles funciona como uma espécie de elixir. Não apaga o cansaço, mas faz com que ele deixe de ter peso.

Arquivo do blogue

Seguidores